Investigação

O investigador Agostinho Carvalho, do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) da Escola de Medicina da Universidade do Minho, foi distinguido com uma bolsa de um milhão de euros, no âmbito do primeiro concurso da “Iniciativa Ibérica de Investigação e Inovação Biomédica, i4b”, promovido pela Fundação “la Caixa” e pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT). Com esta verba milionária, o investigador pretende identificar novos biomarcadores que mostrem a suscetibilidade das pessoas com doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) para desenvolverem uma reação alérgica ao fungo Aspergillus.

Investigadores do Instituto de Pesquisa do Centro Médico Infantil da UT Southwestern (CRI) descobriram uma nova vulnerabilidade metabólica no cancro do pulmão de pequenas células (CPPC), que pode ser tratada por medicamentos já existentes. O CPPC é uma forma mortal e agressiva do cancro do pulmão, com poucas opções terapêuticas e reduzida taxa de sobrevivência.

O último dia 3 de julho assinalou o acordo de parceria entre o Grupo Luz Saúde e a startup Amiko, para a realização de estudos clínicos com o dispositivo inovador que a empresa desenvolveu para controlar a medicação tomada pelos doentes com asma e DPOC. Os estudos vão incluir doentes do Hospital Beatriz Ângelo e do Hospital da Luz Lisboa.

 

Pág. 7 de 36

Login

Newsletter MyPneumologia

Receba a nossa newsletter

PUB

 

Planning

Respi Planning

Com o apoio da SPP

Oxigénio

APOIOS:
.......................

Bristol-Myers SquibbBoehringer IngelheimGSKMSDMylanRocheTakeda