Investigação

A Comissão Europeia (CE) autorizou a comercialização de osimertinib em monoterapia para o tratamento de 1.ª linha de doentes adultos com cancro do pulmão de não-pequenas células, localmente avançado ou metastático (CPNPC), com mutações ativadoras do recetor do fator de crescimento epidérmico (EGFR). A aprovação é baseada nos resultados do ensaio de Fase III FLAURA, publicado no New England Journal of Medicine.

 

Entre 2000 e 2014 registou-se um aumento, em cinco vezes, do número de hospitalizações de doentes com demência em Portugal, sendo as infeções respiratórias as principais responsáveis. Nesse período, registaram-se 288 mil entradas nos hospitais públicos nacionais, o que corresponde a cerca de 5% de todas as hospitalizações entre pessoas com 60 anos ou mais. Os dados são de um estudo realizado no Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (CINTESIS).

 

O Instituto Português de Oncologia do Porto (IPO-Porto) vai participar num estudo europeu de medição de resultados e de custos no cancro do pulmão, cujo lançamento decorreu no último dia 18 de junho, em Madrid. Além da instituição, fazem também parte outros hospitais de referência, no trabalho promovido pela International Consortium for Health Outcomes Measurement (ICHOM) e pela All.Can. O IPO-Porto vai implementar o projeto na Clínica do Pulmão durante o ano de 2019.

 

Pág. 9 de 36

Login

Newsletter MyPneumologia

Receba a nossa newsletter

PUB

 

Planning

Respi Planning

Com o apoio da SPP

Oxigénio

APOIOS:
.......................

Bristol-Myers SquibbBoehringer IngelheimGSKMSDMylanRocheTakeda