sexta, 07 setembro 2018 10:36

Cerca de quatro em cada 10 mulheres com asma acabam por desenvolver DPOC, revela estudo internacional

Mais de 40% das mulheres com asma podem acabar por desenvolver doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC). A conclusão é de um estudo recentemente publicado na Annals of the American Thoracic Society, conduzido em Ontário, no Canadá, sob o tema “Asthma and COPD Overlap in Women: Incidence and Risk Factors”.

 

Ao todo, das 4051 mulheres com asma incluídas no estudo, 1701, o equivalente a 42%, desenvolveram DPOC. No geral, as participantes foram seguidas durante 14 anos após o diagnóstico de asma.

Durante o estudo, os investigadores avaliaram os fatores de risco de DPOC associados à síndrome de sobreposição asma-DPOC (ACOS), que provoca exacerbações das crises e hospitalizações, resultando numa pior qualidade de vida.

“Estudos anteriores descobriram um alarmante aumento de ACOS em mulheres nestes últimos anos e que a taxa de mortalidade associada a esta síndrome é maior nas mulheres do que nos homens”, afirma a Prof.ª Doutora Teresa To, uma das autoras do estudo.

“Temos urgentemente de identificar e quantificar os fatores de risco associados à ACOS em mulheres para melhorar a sua saúde e salvar vidas”, acrescenta a especialista.

Outra conclusão a que chegaram os investigadores foi a de que as mulheres que fumavam ou já tinham fumado o equivalente a um maço de tabaco por dia durante cinco anos apresentavam uma maior probabilidade de vir a desenvolver ACOS. Contudo, esta patologia não afeta somente quem fuma, tendo em conta que 38% das mulheres presentes no estudo que desenvolveram ACOS nunca tinham fumado.

Obesidade, residência rural, baixos níveis de educação e desemprego foram os outros fatores de risco identificados na investigação.

“O impacto adverso do tabaco e da obesidade na saúde pode ser ainda pior naqueles que já vivem com asma ou DPOC. Identificar os fatores de risco modificáveis na progressão destas patologias é o primeiro passo essencial para desenvolver estratégias de prevenção que levam a um estilo de vida saudável e ativo”, conclui a Prof.ª Doutora Teresa To.

 

Fonte: European Lung Foundation

 

Login

Newsletter MyPneumologia

Receba a nossa newsletter

PUB

 

Planning

Respi Planning

Com o apoio da SPP

Oxigénio

APOIOS:
.......................

Bristol-Myers SquibbBoehringer IngelheimGSKMSDMylanRocheTakeda