Opinião

"O aumento significativo da população idosa nos últimos anos em Portugal e em todo o mundo implica uma nova análise sobre o envelhecimento e a sua ligação às doenças respiratórias. Estas apresentam um risco acrescido de desenvolvimento com a idade inerente ao envelhecimento, mas também pelos hábitos que se vão adquirindo durante anos, de que é particularmente relevante o tabagismo, bem como a prolongada exposição a poluentes ambientais e familiares".

"A Imuno-oncologia envolve um novo conceito terapêutico no tratamento do cancro, recorrendo às capacidades naturais do organismo e ao seu próprio sistema imunológico para lutar contra a neoplasia", assim inicia a Dr.ª Ana Barroso este artigo de opinião, a propósito de um dos temas em discussão no 7.º Congresso Português do Cancro do Pulmão. 

A fisioterapia fornece serviços a indivíduos e populações com a finalidade de desenvolver, manter e restaurar a máxima capacidade para o movimento e funcionalidade, ao longo de todo o ciclo de vida. Isto inclui serviços em circunstâncias cujo movimento e função estão ameaçados pelo envelhecimento, lesão, dor, doenças, condições ou fatores ambientais (World confederation for Physical Therapy, 2011).

Diminuição da mortalidade, aumento dos diagnósticos ao nível dos cuidados de saúde primários e da utilização de ventilação não invasiva nos episódios de internamento por insuficiência respiratória aguda, reduzindo significativamente os internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos são alguns dos pontos do balanço da evolução da DPOC na última década, feito pela Prof.ª Doutora Cristina Bárbara.

Pág. 7 de 16

Login

Newsletter MyPneumologia

Receba a nossa newsletter

PUB

 

Planning

Respi Planning

Com o apoio da SPP

Oxigénio

APOIOS:
.......................

Bristol-Myers SquibbBoehringer IngelheimGSKMSDMylanRocheTakeda