sexta, 21 setembro 2018 11:43

Ex-fumadores sintomáticos devem fazer reabilitação respiratória, alerta pneumologista do AIR Care Center

No âmbito do Dia Europeu do Ex-Fumador, que se assinala a 26 de setembro, o coordenador do Programa de Reabilitação Respiratória do AIR Care Centre, Dr. António Carvalheira, vem alertar para o impacto negativo do tabagismo e reforçar a importância de os ex-fumadores sintomáticos fazerem reabilitação respiratória.

 

 

Cerca de 85% dos casos de cancro do pulmão e 90% dos casos de doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) devem-se ao tabagismo. Num comunicado divulgado à comunicação social, o AIR Care Centre considera que deixar de fumar é caminhar no sentido de uma vida melhor e mais longa, mas não chega.

“Mesmo anos depois de apagar o último cigarro, os efeitos do tabaco ficam nos pulmões e é preciso avaliar o impacto que esse hábito influiu na função pulmonar e tomar as medidas adequadas para que eventual doença associada ao tabagismo não evolua”, pode ler-se.

Um em cada cinco portugueses maiores de 15 anos fuma e o consumo de tabaco é responsável por 10,6% das mortes. Segundo o relatório “Portugal – Prevenção e Controlo do Tabagismo 2017”, apresentado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), morreu uma pessoa a cada 50 minutos, em Portugal, por doenças atribuíveis ao tabaco. O tabaco foi responsável por 46,4% das mortes por DPOC, 19,5% das mortes por cancro, 12% das mortes por infeções respiratórias do trato inferior, 5,7% das mortes por doenças cérebro-cardiovasculares e 2,4% das mortes por diabetes.

“O fumador ou ex-fumador é um doente, mesmo que ainda não tenha o diagnóstico”, alerta o Dr. António Carvalheira, coordenador do único centro em Portugal exclusivamente dedicado à reabilitação de doentes respiratórios. “Deixar de fumar é um passo muito importante, mas não chega. A saúde respiratória precisa de ser reabilitada”, acrescenta.

O especialista em Pneumologia lamenta que em Portugal menos de 2% dos doentes com DPOC tenham acesso à reabilitação respiratória, quando este tratamento é obrigatório em 100% dos casos de DPOC sintomáticos, segundo as normas de boas práticas internacionais.

 

Login

Newsletter MyPneumologia

Receba a nossa newsletter

PUB

 

Planning

Respi Planning

Com o apoio da SPP

Oxigénio

APOIOS:
.......................

Bristol-Myers SquibbBoehringer IngelheimGSKMSDMylanRocheTakeda