quinta, 19 abril 2018 15:32

Portugal aprova financiamento de nivolumab para o tratamento de CPCNP

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) autorizou a aquisição do medicamento nivolumab pelos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) para o tratamento do cancro do pulmão de não pequenas células (CPNPC).

A terapêutica está recomendada em monoterapia em doentes adultos com cancro do pulmão de não pequenas células (CPNPC) de histologia escamosa, estadio IIIB ou IV, que apresentaram progressão da doença durante ou após um regime quimioterapêutico de primeira linha contendo platina, e com um estado de performance, medido pelo ECOG, de 0 ou 1. Não existe evidência suficientemente robusta que suporte a utilização de nivolumab em 3.ª linha e posteriores.

Adicionalmente, no cancro de pulmão de não pequenas células, histologia não escamosa, localmente avançado ou metastático, nivolumab está aprovado em monoterapia em situações de progressão de doença, após quimioterapia contendo platina (e tratamento dirigido no caso de doentes com mutações tumorais positivas EGFR ou ALK) e em doentes com bom estado funcional (ECOG 0 ou 1).  

“A chegada do nivolumab ao mercado português para o tratamento do cancro do pulmão demonstra bem o compromisso da Bristol-Myers Squibb na melhoria da sobrevivência global e da qualidade de vida dos doentes oncológicos, motivo pelo qual a empresa fez uma clara aposta na estratégia terapêutica mais promissora da atualidade, a Imuno-Oncologia. Estamos muito orgulhosos de, enquanto companhia, trazer esta inovação aos doentes portugueses”, afirma o Dr. Roberto Úrbez, vice-presidente europeu e diretor-geral da Bristol-Myers Squibb Espanha e Portugal.

Login

Newsletter MyPneumologia

Receba a nossa newsletter

PUB

 

Planning

Respi Planning

Com o apoio da SPP

Oxigénio

APOIOS:
.......................

Bristol-Myers SquibbBoehringer IngelheimGSKMSDMylanRocheTakeda